terça-feira, 2 de junho de 2009

Eduardo Sturla é tricampeão do Ironman 2009

O triatleta argentino Eduardo Sturla venceu o duelo particular com o brasileiro Reinaldo Colucci e conquistou neste domingo, em Florianópolis, o Ironman Brasil 2009. Com o tempo de 8h13m39s, Sturla chegou ao tricampeonato da única seletiva da América Latina para o Mundial Ironman depois de vencer em 2001 e 2008. Colucci repetiu seu desempenho de 2007 e completou o percurso em 8h28m08s. Em terceiro lugar chegou o checo Petr Vabrousek, com o tempo de 8h37m18s.

Ana Lídia Borba foi a brasileira com melhor colocação - Foto: Graziella Bergamin Hertzog

Entre as mulheres, a norte-americana Dede Griesbauer dominou com muita facilidade a disputa, superando a dinamarquesa Charlotte Kolters e a compatriota Heather Gollnick, segunda e terceira colocadas, respectivamente. Griesbauer completou o Ironman Brasil 2009 no tempo de 9h10m14s. Ana Lídia Borba, de Goiás, foi a melhor brasileira ao completar o percurso na quinta colocação, com o tempo de 9h52m28, à frente de Fernanda Keller, sexta com 9h54m11s. Nesta segunda-feira, às 9h, os atletas deverão confirmar as vagas para o Havaí.

Os brasileiros sobraram na natação com Frederico Monteiro, Reinaldo Colucci e Fábio Carvalho nas três primeiras posições. Depois de sair da água em sexto lugar, Sturla assumiu a liderança da prova no quilômetro 32 do ciclismo. Passou a determinar o ritmo da pedalada seguido de perto por Colucci.

Na passagem do quilômetro 130 do ciclismo, o argentino começou a abrir vantagem e iniciou a maratona com cinco minutos de diferença sobre o brasileiro. Controlando bem a corrida, Sturla sustentou o primeiro lugar até cruzar a linha de chegada em primeiro lugar com o segundo melhor tempo da prova em Florianópolis. O melhor é dele próprio, com 8h11m10s, em 2001.

“Procurei sempre manter meu ritmo no percurso. O Ironman é uma prova em que não se pode dizer quem vai ganhar até cruzar a linha de chegada e eu consegui superar as dificuldades para vencer aqui”, disse Sturla, que dedicou a vitória à sua família e agradeceu o apoio da torcida de Florianópolis. “Foi uma prova dura, o mar estava muito agitado, mas a força do público me deu fôlego para vencer”, completou.

Colucci mostrou-se contente com o resultado, mesmo tendo a expectativa de poder vencer. “Foi bom, porque alcancei meu objetivo de garantir a vaga para o Mundial Ironman no Havaí, apesar de ter me preparado para vencer”, relatou ao final. O paulista de São Carlos elogiou o desempenho de Sturla e contou que na metade da maratona precisou diminuir o ritmo para garantir-se em segundo lugar. “Estava bastante desgastado e como não tinha aproximação para o Sturla decide reduzir o passo”, contou.

Feminino

A ganhadora do Ironman Brasil 2009, Dede Griesbauer, dos Estados Unidos, considerou a prova bastante difícil e agradeceu o apoio de todos (torcida, staffs) ao longo do percurso. “Estava me sentindo bem, num bom dia, mas o apoio foi muito importante para superar as dificuldades”, destacou a norte-americana, que ficou a apenas 14 segundos da melhor marca em Florianópolis para as mulheres (9h10m02s em 2001) de Wendy Ingraham.

Aos 24 anos, a goiana Ana Lídia Borba completou seu segundo Ironman com um resultado expressivo: quinta colocada e melhor brasileira na prova. “É incrível! Tinha muita gente torcendo por mim, foi fundamental, porque no final doía tudo”, desabafou. “Também estou honrada por ter conseguido chegar na frente da Fernanda, que no lançamento do evento disse que eu seria uma de suas principais adversárias”, completou a atleta treinada por Leandro Macedo, um dos melhores triatletas da história do País e medalha de ouro no Pan de Mar del Plata.

Bicampeã da prova e sexta colocada, Fernanda Keller reconheceu que não estava nos seus melhores dias. “Foi muito difícil. Pedalei mal e achei que não fosse chegar ao final. Mas quando você disputa uma prova desta você tem que estar preparado para dias bons ou ruins. Sem falar que eu nunca gosto de desistir”, disse.

Fernanda Keller - Foto: Graziella Bergamin Hertzog

O Ironman Brasil 2009 é uma realização da Latin Sports e Grupo RBS, com co-patrocínio de Avon e Saucony e apoio de Gatorade, Fetrisc, Red Bull, Nutrella, Oi, Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, com o Fundesporte, Prefeitura de Florianópolis e Associação Brasileira de Esportes Endurance.

Classificação final

MASCULINO
1 Eduardo Sturla (ARG), 8h13m38s
2 Reinaldo Colucci (BRA), 8h28m07s
3 Petr Vabrousek (CZE), 8h37m17s
4 Ezequiel Morales (ARG), 8h39m00s
5 Raul Furtado (BRA), 8h53m19s
6 Lucas da Silveira Pretto (BRA), 8h56m48s
7 Leandro Bonet (ARG), 8h57m36s
8 Fábio Carvalho (BRA), 8h59m07s
9 Virgílio de Castilhos (BRA), 9h02m44s
10- Ivan Albano Júnior (BRA), 9h04m37s

FEMININO
1 Dede Griesbauer (EUA), 9h10m14s
2 Charlotte Kolters (DIN), 9h18m31s
3 Heather Gollnick (EUA), 9h31m41s
4 Sara Gross (CAN), 9h44m45s
5 Ana Lídia Borba (BRA), 9h52m28s
6 Fernanda Keller (BRA), 9h54m11s
7 Maria Soledad Omar (ARG), 09h57m52s
8 Mariana Ohata (BRA), 10h08m23s
9 Ariane Silveira (BRA), 10h09m41s
10 Silvia Fusco (BRA), 10h21m54s

Fonte: Consultoria de Comunicação do Ironman Brasil 2009:
MBraga Comunicação - Marcelo Eduardo Braga - Mtb 18324/Paulo Marques MTb 6067RS

Links Relacionados:
• Prefeitura Muncipal de Florianópolis

Nenhum comentário:

Loading...

Seguidores