quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Artes e negócios

O consultor financeiro paulista José Teixeira, que chegou ao Estado para investir, quer movimentar também o cenário cultural capixaba. Vai abrir no ano que vem uma galeria de arte em Vitória, para trazer para cá trabalhos dos nomes mais badalados do circuito nacional.

Jantar de sucesso, na Casa Cor,

Rita Tristão, Sylvia Lis e Jussara Lopes.JPG - Gmail

Jantar de sucesso, na Casa Cor

A conceituada chef Sylvia Lis comandou o jantar no Loft do Chef da Casa Cor, na última terça-feira. Quem fez questão de passar por lá foi a empresária e coordenadora da Mostra Rita Tristão e a diretora administrativa da Yara Alimentos, Jussara Lopes.
No cardápio, bacalhau no vapor de ervas, couve rasgada, mousseline de lavas brancas e jus de laranja sangrenta.

Sustentabilidade

Dener Giovanini é o palestrante do sexto seminário do projeto Sustentabilidade: A Força do ES, que acontece nesta sexta-feira, dia 31, às 14 horas, no auditório da Rede Gazeta. Giovanini é o ambientalista brasileiro de maior renome internacional e já ganhou vários prêmios na área, tendo inclusive recebido da ONU a maior distinção ambiental do planeta. Antes dele, o único brasileiro a receber esse prêmio foi Chico Mendes. Na palestra em Vitória, ele vai focar o debate nos problemas ambientais no Brasil, a evolução do pensamento ambiental no país e os desafios a serem vencidos nos próximos anos. Ele também vai apresentar um panorama da realidade do Espírito Santo e como o Estado está inserido no contexto brasileiro.

Para quem não se lembra, o palestrante apresentou o quadro “O Brasil é o bicho”, no Fantástico, no ano passado. Giovanini é considerado o maior ambientalista brasileiro na atualidade. Ele vai estar em Vitória, nesta sexta-feira, dia 31, para ministrar a palestra com o tema “Ativos Ambientais: como explorá-los sustentavelmente”, que começa às 14 horas, no auditório da Rede Gazeta.

Vitória Cine Vídeo amplia programação para comemorar seus 15 anos

De 10 a 21 de novembro, o festival vai apresentar longas capixabas, programação infanto-juvenil e a Mostra Revelando os Brasis Ano III no Theatro Carlos Gomes e no Cine Metrópolis. A Mostra Competitiva Nacional de Curtas e Médias e o lançamento de longas-metragens acontecerá de 24 a 29 de novembro, na Fábrica 747, em Jucutuquara

A programação do 15º Vitória Cine Vídeo ficou maior, e o público capixaba terá mais dias para curtir as sessões e outros eventos promovidos pelo festival. O VCV, realizado pelo Instituto Marlin Azul e pela Galpão Produções, estava previsto para acontecer entre os dias 10 e 15 de novembro, e foi ampliado até o dia 29 de novembro.
De 10 a 14 de novembro, o festival promoverá o 9º Festivalzinho de Cinema, com uma programação infanto-juvenil destinada a três mil estudantes da rede pública municipal de ensino de Vitória, a Mostra Revelando os Brasis, com os 40 vídeos digitais produzidos na terceira edição do projeto, e o Cine Galpão Itinerante, com exibições ao ar livre em cinco bairros da capital. De 19 a 21 de novembro, o VCV realizará uma mostra de longas-metragens capixabas.

A Mostra Competitiva Nacional de Curtas, Médias e Vídeos e o lançamento de longas-metragens inéditos no Estado serão realizados de 24 a 29 de novembro. Nesse período, também acontecerão as oficinas e palestras, o Cinema na Praia, o lançamento de livros e a homenagem a um grande nome do cinema brasileiro.

Onde assistir – Este ano, o público poderá assistir às sessões do festival em diferentes espaços. De 10 a 14, a Mostra Revelando os Brasis acontecerá no Theatro Carlos Gomes, a partir das 20h. O Festivalzinho está agendado para o Cine Metrópolis, em duas sessões diárias às 9h e às 14h30. De 19 a 21, a mostra de longas capixabas será realizada no Cine Jardins, em Jardim da Penha.
Já a Mostra Competitiva de Curtas e Médias e o lançamento dos longas inéditos no Espírito Santo acontecerão na Fábrica 747, em Jucutuquara, a partir das 19h30, entre os dias 24 e 29 de novembro. Para receber as sessões do festival, o espaço vai ser adaptado, recebendo tratamento acústico, uma cabine de projeção, estrutura para tela no tamanho 16mx8m, ar-condicionado e mil cadeiras. A Fábrica conta também com estacionamento. A Mostra Competitiva de Vídeos continua no campus da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), ao meio-dia.
Mudanças – Beatriz Lindenberg, uma das organizadoras do VCV, explica que a ampliação das datas é uma forma de valorizar os 15 anos do festival. "Desde as últimas edições, o Vitória Cine Vídeo está oferecendo uma programação variada de pré-eventos, com lançamentos de filmes e oficinas. Este ano, por exemplo, estamos realizando o Dia Internacional da Animação. Com a ampliação dessas mostras, que vêm ganhando cada vez mais espaço no VCV, o bloco tradicional de eventos do festival, que inclui os longas inéditos no Estado e a mostra competitiva, passou para os dias 24 a 29 de novembro".
A Fábrica 747 e o Cine Jardins fecham a lista de espaços que irão receber as sessões do 15º Vitória Cine Vídeo, junto com o Cine Metrópolis e o Theatro Carlos Gomes. "A Fábrica 747 foi escolhida para abrigar a mostra competitiva devido a sua localização, que facilita o acesso do público, e também a sua capacidade de lotação, pois as sessões noturnas do VCV recebem uma média de mil espectadores por noite", completa Beatriz.

Concursos - Além das mostras, oficinas e outros eventos culturais, o VCV promove os concursos de Roteiro, Crítica e o I Concurso Capixaba de Flipbook. As inscrições para o Concurso de Flipbook podem ser feitas até o dia 24 de novembro de 2008. Quem apresentar o melhor flipbook vai ganhar a impressão de 300 exemplares do seu trabalho e R$ 2.000,00 (dois mil reais). As inscrições para os concursos de Roteiro e de Crítica serão abertas nos próximos dias. Mais informações no site www.vitoriacinevideo.com.br.

Confira a Programação:

DataEventoLocalHorário
10 a 14 de Novembro1ª Mostra do Revelando os Brasis em VitóriaTheatro Carlos Gomes20 horas
10 a 14 de Novembro9º FestivalzinhoCine Metrópolis9 horas
14h30
10 a 14 de NovembroCine Galpão ItineranteBairros da Grande Vitória20 horas
19 a 21 de NovembroMostra de longas capixabas Cine Jardins21 horas
24 a 29 de novembroMostra Competitiva de Curtas e Médias e o lançamento dos longas inéditos no Espírito SantoFábrica 74719h30

Publicidade online é mais eficiente do que na TV, sugere pesquisa

Pesquisa realizada nos Estados Unidos pela Hall & Partners com homens entre 18 e 34 anos de idade constatou que mais de 75% dos entrevistados utilizam mais que 10 horas de internet por semana.

O aumento no tempo médio de navegação semanal na internet “rouba” este público da televisão. Tanto que 69% dos entrevistados não conseguiriam viver sem internet, comparado com os 31% que disseram o mesmo sobre a televisão.

A propaganda online é ideal para atingir estes público, já que 60% dos entrevistados quando offline lembram-se das ofertas que viram na internet. A propaganda online deste modo, a um custo mais baixo, serve para reforçar investimentos em outras mídias offline. E 47% dos entrevistados compraram produtos ou serviços por influência de publicidade online.

A pesquisa também apurou que está cada dia menor o receio diante do comércio eletrônico - 35% dos pesquisados já realizaram uma compra online, o que reforça ainda mais o poder da mídia online.

História que salvou vidas

A Santa Casa de Misericórdia é o segundo hospital mais antigo do Brasil em funcionamento. Ela foi inaugurada em 1551 e sua construção foi uma ordem do rei português Manuel Gonçalves ao governador da capitania do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho. No início a estrutura era limitada, mas, atualmente, a entidade possui 350 leitos e atende a cerca de 15 mil pacientes por mês pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Brinde à vida
Mais do que salvar vidas, a Santa Casa de Misericórdia faz parte de um contexto que envolve a história do Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo, que acaba de completar 50 anos e, para comemorar, imprimiu na Gráfica GSA sete mil exemplares do livro “CRM-ES 50 anos – Registro de uma trajetória”. A obra conta um pouco do contexto nacional da saúde e também as vitórias e desafios do setor no Estado.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Reta final

O final da promoção Sonho Real já está se aproximando. Por isso, ele será em grande estilo. No último mês, novembro, o Grupo Coroa vai realizar dois sorteios, um no dia 1º e outro no dia 29. Serão sorteados além de um caminhão de prêmios, uma casa mobiliada com um carro zero na garagem. Até o terceiro sorteio, a promoção já tinha recebido mais de 70 mil cartas. Esse número significa o consumo de, pelo menos, 210 mil garrafas de refrigerantes, já que para participar é preciso colocar três vedantes dentro de cada envelope. De acordo com o gerente comercial interestadual da Coroa, Hélio Ferrari, a promoção está sendo um sucesso. “A promoção vem atingindo as expectativas. Como a participação dos consumidores vem crescendo a cada sorteio, acredito que no último, que será o da casa mobiliada com um carro na garagem, teremos um número muito mais alto de cartas!”, comemora.

lançamento do livro "Santa Teresa: Viagem no Tempo",

Gmail - Convite lançamento livro - souzaclemente@gmail.com

Divertido e engraçado

AMOR
Enfermidade temporária que se cura com o casamento. Palavra de quatro letras, duas vogais e dois idiotas.
DANÇAR
É a frustração vertical de um desejo horizontal.
CÉREBRO
Órgão que serve para que pensemos que pensamos.
ESCOTEIROS
40 crianças vestidas de idiota, comandadas por um idiota vestido de criança.
DOR DE CABEÇA
Anticonceptivo mais usado pela mulher destes tempos.
VIRGEM
Menina de 9 anos, muito feia, que corre mais que o primo .
EXAME ORAL
Prova para conseguir um estágio na Casa Branca.
L??NGUA
Órgão sexual que os antigos usavam para falar.
UROLOGISTA
Especialista que vê o seu pênis com desprezo, o pega com nojo e lhe cobra como se o houvesse chupado.
CONFIANÇA
Via livre que se dá a uma pessoa para que cometa uma série de abusos.
DIPLOMACIA
Arte de dizer “lindo cachorro”, até encontrar uma pedra para atirar nele.
F??CIL
Diz-se da mulher que tem a moral sexual de um homem.
GINECOLOGISTA
Especialista que trabalha no lugar onde outros se divertem.
HERÓI
Indivíduo que, diferentemente do resto, não pôde sair correndo.
HOMEM
Ser masculino que durante seus primeiros nove meses de vida quer sair de um lugar em que tenta entrar pelo resto de sua vida.
INDIFERENÇA
Atitude que uma mulher adota perante um homem que não lhe interessa, que é interpretada pelo homem como se estivesse “se fazendo de difícil”.
INTELECTUAL
Indivíduo capaz de pensar por mais de duas horas em algo que não seja sexo.
MODÉSTIA
Reconhecer que não se é perfeito, mas sem dizê-lo a ninguém.
NINFOMAN??ACA
Termo com o qual um homem define uma mulher que deseja fazer sexo mais vezes que ele.
TRABALHO EM EQUIPE
Possibilidade de colocar a culpa nos outros.

Apoio: Indyanara Venzel

terça-feira, 28 de outubro de 2008

III Semana Estácio de Comunicação - Mídias e redes de colaboração on-line - Programação

III Semana Estácio de Comunicação - Mídias e redes de colaboração on-line - Programação

Primeira aula: Sônia Maria da Costa Barreto

 
Posted by Picasa

QUEM ESTÁ EM MELHOR FORMA? MELANCIA OU RONALDO?

 
Posted by Picasa

III semana de comunicação

 
 
 
 
Posted by Picasa

PRÊMIO CAPIXABA DE JORNALISMO

 
 
 
Posted by Picasa

“1 + 7 – Arte Contemporânea no Espírito Santo”

Ronaldo Barbosa está em momento de comemoração. O Museu Vale faz dez anos, totalizando mais de 722 mil visitantes, dos quais 229 mil estudantes. Ao longo desse período, o Museu ganhou reconhecimento da comunidade da arte no Brasil e no exterior. Foram 29 exposições, com nove itinerâncias para outras cidades, e três seminários internacionais. De volta de Londres, onde foi prestigiar a retrospectiva de Cildo Meirelles na Tate Modern, que tem a obra “Babel” - construída especialmente para mostra no Museu Vale em 2006 - Ronaldo Barbosa cuida pessoalmente da montagem de “1 + 7 – Arte Contemporânea no Espírito Santo”, mostra comemorativa dos dez anos do Museu, que abre sábado, 1º de novembro

comunicação na Web

Os jornalistas Daniela Abreu , Paulo Sérgio e Jorge Buery da TV Gazeta foram a faculdade Estácio de Sá darem um close na III semana de comunicação , que este ano focou a interatividade na Web. Também por lá, o colunista da UOL, Herman Fuchs que falou sobre segmentação do consumidor on line por comportamento.

Veja o golaço de Adriano

YouTube - Broadcast Yourself.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Kurumá vira espaço de arte

A Kurumá Vitória, concessionária exclusiva Toyota, reunirá convidados no próximo dia 06/11 para a abertura da exposição do artista plástico brasileiro, radicado em Miami, Estados Unidos, Romero Britto. O show room empresa se transformará numa galeria de arte durante todo o mês de novembro. As obras foram escolhidas pela irmã do artista, Roberta Britto, e chegam da Galeria de São Paulo, localizada na rua Oscar Freire. Serão 23 telas, entre as quais raridades originais, giclees e serigrafias, que são tipos de pinturas.
Só para ter uma idéia da importância do artista, ele possui mais de 40 obras públicas espalhadas por praças, universidades, escolas e hospitais do mundo. A maioria delas está nos Estados Unidos, mas elas estão presentes também no Japão, Coréia, Venezuela , Suécia, Alemanha, Riviera Francesa, dentre outros.
Britto também foi convidado pelo Governo do Egito para construir uma pirâmide de 13 metros de altura durante a exposição "Tutancâmon e a Era de Ouro dos Faraós", que comemorou a volta do corpo de Tutancâmon à capital inglesa após 35 anos. Além da pirâmide principal, uma versão de sete metros de altura e oito réplicas de 2,5 metros foram instaladas pela cidade.
A sua arte também estampou uma série de selos comemorativos lançados pela Administração Postal das Nações Unidas (APNU) com o tema "Esporte para a Paz", marcando os Jogos Olímpicos de Beijing.
Em dezembro, o artista exporá suas obras no Louvre, na França, a convite do museu.

orkut - início

orkut - início

Fiat apresenta carro-conceito brasileiro no Salão de São Paulo

Um modelo targa com deseign futurista e pintado na cor verde metálica é a grande atração do estande da Fiat no 25º Salão do Automóvel de São Paulo. Totalmente projetado e construído no Pólo de Desenvolvimento da montadora, em Betim (MG), o FCC II (Fiat Concept Car II) é um conceito destinado ao lazer que tem como objetivo principal não agredir a natureza. Feito com materiais alternativos recicláveis, não emite poluentes, já que possui um motor elétrico.

Alimentado por 93 baterias de íons de lítio, que podem ser recarregadas em qualquer tomada 220 V, o FCC II tem autonomia de até 100 quilômetros, desenvolve 59 kW (80,2 cavalos de potência) e torque máximo de 22,9 mkgf. O câmbio de cinco marchas é automatizado pelo sistema Dualogic.

A carreceria foi construída em fibras naturais de fontes renováveis para ter menor impacto ao meio ambiente e da nanotecnologia para fazer peças mais leves e resistentes. Os painéis de carroceria, como o capô, por exemplo, foram injetados em compósito com nanoargila, a chave de fenda que acompanha o kit de ferramentas foi injetada em plástico reciclado com fibras de curauá e sisal.

Peças como reparos, discos de freio, molas e montantes de suspensão receberam revestimentos organometálicos isentos de metais pesados. A espuma que reveste os bancos foi feita com 30% de poliol de óleo de soja reciclado.

Destinado para a aventuras light no fora-de-estrada, o carro-conceito é equipado com o bloqueador de diferencial da linha Adventure Locker. Esta é a primeira vez que o conjunto é acoplado a um motor elétrico. A estrutura do conceito é tubular, com câmbio posicionado posteriormente e os freios são a disco nas quatro rodas. O modelo usa LEDs para a iluminação dianteira e traseira e os faróis incorporam tecnologia bi-xenon.

Design futurista

Com linhas inspiradas em um buggy para explorar ao máximo a sua agilidade, dinamismo e robustez, o FCC II remete seu usuário ao prazer de dirigir com toda a segurança. Para reforçar ainda mais seu vínculo com a natureza a carroceria foi pintada de verde cítrico. A cor viva das partes suspensas proporciona um contraste agradável com o cinza das partes estruturais.

O conjunto ótico composto por faróis de xenon e LEDs, aliado aos pára-lamas, remetem ao olhar de um animal selvagem. O pára-choque, com ?peito de aço? e proteção lateral, reforça a imagem de robustez do veículo.

O FCC II tem 3.245 mm de comprimento, 1.814 mm de largura, 1.480 mm de altura, 2155 de entreeixos e pesa 980 quilos. O vão livre do solo é de 193 mm. As rodas com aro de 19 polegadas estão calçadas com pneus 255/55 R19.

Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Redação de Maiscomplicadinho.

Mudanças no vale-transporte começam a valer hoje

O cartão poderá ser usado no limite máximo de seis vezes por dia
A partir desta segunda-feira (27) está extinta a regra que limitava o uso dos cartões de vale-transporte nos ônibus do Sistema Transcol a apenas uma vez por viagem. Os usuários, no entanto, só poderão usar o cartão de vale-transporte no limite máximo de seis vezes por dia. A nova regra vai atingir 286 mil usuários.

A opção para o usuário que quiser usar o cartão de bilhetagem eletrônica para toda a família é adquirir o cartão Passe Fácil. Ele não tem qualquer restrição de uso, seja na quantidade de créditos, no número de viagens ou no uso repetido do cartão.

O Passe Fácil está à venda nos terminais de Laranjeiras, Campo Grande, na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Espírito Santo (Setpes).

A limitação no uso do vale-transporte faz parte do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado na última quinta-feira (23) pelo Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano (GVBus) e pelo Ministério Público Estadual (MPE). O objetivo é combater as fraudes ao sistema, descobertas em julho deste ano.

As empresas que compram os créditos para colaboradores poderão, por decisão própria ou a pedido do trabalhador, desde que respeitando as condições previstas em lei, solicitar a ampliação ou a redução do limite de uso diário do cartão de vale-transporte. A solicitação deverá ser feita ao GVBus, que comercializa os créditos.

Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Redação de Maiscomplicadinho.

Vamos trabalhar em perfeita harmonia com o Governo

"O nosso momento agora é de unir todas as forças que Vila Velha tem"
O prefeito eleito de Vila Velha, Neucimar Fraga (PR), administrará a cidade de maior densidade populacional do Espírito Santo "em perfeita harmonia" com o projeto desenvolvido pelo governador Paulo Hartung (PMDB) frente ao Executivo Estadual. A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira (27), um dia após o segundo turno das eleições, apaziguando especulações que norteavam o cenário político municipal.

"Assim como já tenho trabalhado há seis anos com o governador, o apoiei na eleição em 2006, quero ajudá-lo a continuar esse projeto político que está dando certo no Estado. É o projeto que o povo tem aprovado. Por isso vamos trabalhar em perfeita harmonia com o Governo do Estado para resolver os problemas de Vila Velha e manter o projeto em curso no Espírito Santo", afirmou o prefeito eleito.

Apadrinhado pelo senador Magno Malta (PR), que se coloca em Brasília como politicamente independente do Palácio Anchieta, Neucimar garante que o momento é de união para colocar Vila Velha dentro do projeto político de Hartung. "O nosso momento agora é de unir todas as forças que Vila Velha tem. As forças políticas, históricas e econômicas. E convergir todas essas forças em torno de um projeto que permita Vila Velha acompanhar o ritmo de crescimento do novo Espírito Santo", garantiu.

Neutralidade do governador

Na opinião de Neucimar, a neutralidade do governador no segundo turno das eleições deu a oportunidade ao eleitor da cidade de escolher melhor o candidato. O adversário do republicano em Vila Velha era um colega de partido de Hartung, o peemedebista Dr. Hércules. "O povo teve oportunidade de escolher. O governador ficou neutro no processo e o povo escolheu o candidato", afirmou.

O prefeito eleito também falou sobre a representatividade da vitória dele na histórica rixa política entre os grupos Max e Hartung. "Vila Velha há mais de 30 anos é dominada por um grupo político. E o povo de Vila Velha encaminhou nessa eleição para o segundo turno dois candidatos que tinham boa relação com o governador Paulo Hartung", disse.

Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Redação de Maiscomplicadinho.

O Brasil precisa de psicológico

O ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou nesta segunda-feira em São Paulo que parte do contágio no Brasil da crise mundial é psicológico.

A crise acaba trazendo um contágio psicológico, não é nem no nível de operações e de crédito. A gente não pode deixar que haja esse contágio porque o empresário vai pensar que as vendas vão cair e que não vai ter crédito", afirmou Mantega, após uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

De acordo com o ministro, a reunião com o presidente Lula foi para comunicá-lo que ainda não há uma melhora substantiva do quadro internacional, apesar das medidas adotadas por alguns governos. Mantega disse que o governo pensa em irrigar com crédito alguns setores produtivos e que existe uma espécie de retenção de crédito por parte de alguns bancos.

"Os bancos que têm dinheiro não querem emprestar para outros porque ainda há desconfiança daqueles que têm ativos podres nos Estados Unidos", detalhou.

Mantega ressaltou ainda a diminuição do poder aquisitivo da população americana e européia como um sinal de que haverá uma retração da atividade econômica ou até mesmo uma recessão, como sinalizou o Reino Unido com crescimento negativo.

O ministro acredita que o motivo da desvalorização de algumas moedas e a valorização do iene e do dólar se deve a desalavancagem promovida pelos hedge funds.
"Eles estão retirando seus investimentos feitos ao redor do mundo e com isso estão causando desmonte das posições de aplicação nos diversos mercados, como bolsas e renda fixa, no México, Brasil, Africa do Sul, Austrália, entre outros país", disse.

Para Mantega, essas emrpesas praticam o chamado carry trade, que são as tomadas de empréstimo onde os juros são mais baratos e a aplicação desses onde os juros são mais caros.

Para o ministro ainda não existe um valor certo de quanto prejuízo a crise custará para o Brasil.

"Se for 10, 15 ou US$ 20 bilhões como estão dizendo por aí, acho que é um problema que pode ser absorvido economia brasileira", ponderou.

O ministro admitiu que existe uma redução de crédito e que o governo está empenhando em saná-lo por meio da liberação dos compulsórios do Banco Centra. Disse também que os bancos estão operando com cerca de 70% a 80% dos créditos que tinham antes, e finalizou dizendo que o Brasil não tem problemas por que as "nossas instituições financeiras são mais sólidas que as de fora, pois estão menos alavancadas".

Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Redação de Maiscomplicadinho.

domingo, 26 de outubro de 2008

Nossa dica para uma gostosa leitura de Verão

Vem aí o novo livro: “É chique”. Todas as dicas sobre o que é chique e o que é o fim da picada, que já foram publicadas aqui nesta coluna serão compiladas e entregues a sociedade em forma de livro, num coquetel na segunda quinzena de novembro, no Lago Di Garda. Queremos com isso, brindar o leitor e amigo com uma leitura leve e divertida para este verão. Aos detalhes:

Só em eventos
A capa do nosso livro foi inteiramente desenvolvida pela agencia de propaganda R Com e está um luxo! O livro “È chique” não estará nas livrarias. Será disponibilizado somente em eventos e para empresas como brinde de fim de ano.

Níver
Os parabéns de hoje para duas figuras queridas de nossa sociedade: Lamir Quintela Torres e Elaine Rowena, aniversariantes deste domingo.
Gente do bem faz assim
Hora de colaborar! O tradicional bazar anual das Oficinas de Caridade e Lar Santa Rita de Cássia será dia 13 de novembro, a partir das 10 horas, no anexo da Igreja Santa Rita, na Praia do Canto. Vale a pena dar uma passadinha lá.

Restaurante Casa Cor I

A próxima Casa Cor deveria fazer um ambiente em homenagem ao arquiteto Max Mello. Poucos sabem, mas ele é exímio arranjador musical, toca vários instrumentos e dirige conjuntos musicais, sobretudo de musica sacra. Este ano é ele quem assina o elogiado restaurante da Mostra.

Restaurante Casa Cor II

Jantando quarta feira, no restaurante da Casa Cor: Mara Bortolini, Nilza Pretti, Lilia e a filha Najla El Aouar e Marinês Magalhães, entre outras bonitonas.

Muqui
O juiz José Flavio Alcure foi homenageado na quarta feira com o titulo de cidadão de Muqui. Na solenidade, estiveram a mulher dele, Débora Feu Rosa Alcure com os pais dela Lia e Sebastião Vecci. Claro, dona Aurora Alcure, mãe do homenageado não poderia faltar.

"Não levo ninguém a sério o bastante para odiá-lo."
Paulo Francis, comentarista

É chique

Copos de acrílico grandes, coloridos e modernos.

É o fim

Copos de acrílico arranhados e embaçados. Desbotam a vontade de beber.

sábado, 25 de outubro de 2008

Hiro Nakamura

Como não poderia deixar de ser, o primeiro post oficial do nosso blog é sobre o japonês mais louco e mais querido do seriado, Hiro Nakamura. Hiro mostrou ter uma grande personalidade durante toda a primeira temporada e pode ser considerado o destaque da série. Leia um pouco sobre o personagem Hiro Nakamura abaixo:

Masi Oka como Hiro Nakamura

Hiro é um trabalhador assalariado, entediado com a monotonia e conformidade de seu emprego. Ele também é um nerd apaixonado por ficção científica, freqüentemente fazendo referências a Star Trek, X-Men, De Volta Para O Futuro. Hiro é um tanto sonhador e adora a idéia de ter poderes, apesar de estar achando a realidade mais dificil que o esperado. Inicialmente muito entusiasmado, as aventuras de Hiro começaram a empolgá-lo. Embora Hiro tenha um grande senso de caráter e moral, ele é um pouco fora do mundo e é facilmente manipulado pelo seu amigo Ando, que à primeira vista, não possuia um bom caráter mas se mostra um fiel escudeiro, o típico sidekick.

"Yattaaa!!!" - Já se tornou a frase de impacto do personagem Hiro Nakamura

Hiro descobre ter a habilidade de, de fato, afetar o espaço/tempo continuum, parando e diminuindo a velocidade do tempo. Mais à frente ele começa a teorizar que talvez seja capaz de se teletransportar dobrando a parte espaço do continuum.

Deve-se notar que parece que os poderes de viajar no tempo de Hiro não podem sobrepujar os princípios da teoria de própria-consistência. Essencialmente, isso significa que um viajante do tempo não pode alterar a história de tal maneira que ele possa causar um paradoxo; para isso, os eventos se auto-corrigem. No entanto, os poderes de Hiro parecem ser controlados pelo "destino", assim não só quando seus poderes ficaram desabilitados em um dado momento, mas ele viajou em ambos espaço e tempo contra sua vontade (vide episódio "Six Months Ago" onde Hiro volta 6 meses no passado para tentar salvar a vida de Charlie (Google Girl) e isso se mostra impossível quando ela afirma que irá morrer já que possui um problema no cérebro que tirará sua vida). Isso parece contradizer o que disse o Hiro do Futoro, que correu o risco de criar uma "fenda", assim como sua existência ser uma prova de que ele está tentando prevenir uma catástrofe.

Meus amigos

Não se esqueçam de votar amanha em Vila Velha no 15 (Dr Hércules) e replicar o pedido
para as pessoas de confiança e para a família.
Os que não votam lá também podem nos ajudar fazendo o mesmo.Todo mundo tem alguém conhecido em Vila Velha. Conto com vocês.

Quem são os mais saborosos do Espírito Santo?

O Prêmio Prazer & Cia está em sua segunda edição. Neste ano serão 22 categorias concorrentes ao troféu mais saboroso do circuito gourmet capixaba. Os campeões só serão conhecidos durante a cerimônia de premiação, no dia 4 de novembro, no Teatro Carlos Gomes. A escolha ficará a cargo de dez jurados. Mais detalhes: Novidades gourmet Este ano também concorre ao prêmio a categoria Restaurante de Montanha, com representantes de Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante, Marechal Floriano e Santa Teresa.

Guloseimas na berlinda
Outra novidade deste ano, deixou o prêmio ainda mais doce. O motivo é a estréia da categoria Sobremesa, na qual estão concorrendo cinco guloseimas: crumble de frutas vermelhas, torta de maçã com sorvete de maçã e canela, brownie com calda de chocolate e sorvete de creme, petit gateau e torta de Sintra.

Falando nisso,
O prazer em reunir a família aos domingos para degustar um delicioso almoço árabe motivou Dalva Carone a escolher o cardápio para o jantar no Loft do Chef, na Casa Cor, na noite de quinta feira. O marido, sempre apaixonado, Wilham Carone é fã numero um dos quitutes que ela prepara, como o chechibarra, um tipo de capeleti cozido na qualhada, com arroz de aletria.

Nostalgia
Quem curte um som retrô pode ir se animando. O Álvares Cabral vai sediar um show com o cantor Marcio Greyck no dia 8 de Novembro.

Mundo médico
A geriatra Alda Lúcia Furtado foi uma das conferencistas no 29º Congresso Internacional de Medicina Interna, em Buenos Aires. Ela falou sobre a importância da Assistência Domiciliar e sua redução de custos para rede hospitalar.

Tinta preciosa
Sobre a notinha que demos abordando os gastos com tintas de impressora, a leitora Ivone Villanova adverte: analise os inúmeros toners de maior alcance nas repartições de recursos humanos na rede pública. Eles chegam a custar 400 reais para pouca sobrevida. As Hps só imprimem dez petições. O governo tem optado por recarrega-los mas nunca ficam como antes. Ou apelamos para a China para criar algo mais barato ou para o jeitinho brasileiro ...” "

O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não."
Ghandi, líder.

É chique
Não ter medo de usar óculos de sol enormes, tipo “oclão” mesmo. Gente chique tem atitude.

É o fim
Cartilha de decorador que com a desculpa de ser “clean” deixa a casa da gente parecendo escritório.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Terceira temporada de Heroes

Depois de Mohinder dar seus primeiros passos com seus poderes, o episódio seguinte “Efeito Borboleta” mostra como os eventos do presente podem mudar o futuro drasticamente. Se você não quer saber o que vai acontecer no começo da terceira temporada de Heroes, não leia adiante.


Claire e a perda da dor

Acho que todos nós notamos que Claire sentia algum tipo de dor. Mas ela diz que era como a de uma pessoa qualquer. Será mesmo? Quem iria ficar se jogando de uma altura elevada, diversas vezes, sabendo que vai sentir uma dor tão forte? Quem iria atirar um carro contra um muro sabendo da dor que iria sentir? E qual seria a dor de ter o peito aberto numa mesa de autópsia? Seria possível alguém suportar tanta dor assim? Aparentemente Claire pode.

O poder de Claire sempre pareceu simples, mas agora vemos que não é bem assim. Quando Sylar abre seu cérebro e diz que ela é especial e diferente, o que ele queria dizer com aquilo? É provável que ela não morra de forma alguma, nem com um tiro na cabeça. E por isso ele diz “talvez eu também não”, porque nem ele mesmo é totalmente imortal com o poder dela. Só ela mesmo poderia ser assim.
O pior é que com isso Claire começa a sentir menos humana, e isso não é nada bom. Ela faz um novo vídeo, como os que marcaram o primeiro episódio da série, mas agora sem Zach. Dessa vez ela pegou pesado e ia se jogar num trem, quando foi salva pelo Peter do futuro. Aliás, esse Peter só vem fazendo besteiras. Quanto mais ele tenta evitar o mal, mais problemas ele cria. Ao invés de conversar com Claire agora, antes que ela se torne a pessoa sangue frio que vemos no futuro, ele prefere deixar a menina com mais dúvidas.


As visões do futuro

Pela primeira vez vemos como funciona o poder de Angela. E nesse futuro grotesco, os principais heróis estão mortos. Hiro morto com a própria espada (o que parece ser obra de Adam) Matt, Noah e Peter acabados. Claire sem cabeça. Aliás, parece que separar a cabeça dela é o que a mantém “morta” aparentemente. Talvez Claire não possa morrer mesmo.
E os vilões? Tracy/Jéssica (minha aposta é que não seja Tracy) Maury, Adam e Knox. Maury e Knox estavam no nível 5.
Sylar também aparece, mas sua posição de vilão não está muito clara. Será que isso tem a ver com o fato de que Angela é sua mama? A revelação já era esperada. Uma reviravolta meio ao estilo “novela mexicana”, mas que deve resultar em algo bom, eu espero.


Tracy e mais intrigas com Niki

Ela não é Niki, mas quem ela é? No próximo episódio teremos a reposta, agora já sabemos que ela tem um poder, o de congelar. A participação do “Grande herói americano” foi muito fraca, tudo deve ter sido gravado de uma vez só naquele estacionamento. Eu pensei que sua investigação sobre Tracy renderia uma boa trama, mas a intenção era a de causar um choque moça. De todo modo, a cena valeu pelos seus efeitos especiais.


O Peter do futuro

Como já comentei, esse Peter só fez burradas. Eu pensei por um momento que o Peter do presente era quem acompanhou Nathan ao hospital, mas agora sabemos que era ele o tempo todo. Deve ter pegado o lugar do outro quando entrou naquela sala e logo o Matt entra em seguida. Rapidamente ele usa o poder da Candice e se torna sua versão presente. E confirmando um spoiler da Kristin dos Santos, ele coloca o outro no corpo de Jesse, sem poder usar seus poderes. E joga Matt num deserto, já que ele poderia colocar em riscos seus planos.


Matt no deserto

Tá aí mais uma trama bobinha. O ator que faz o africano foi muito bem escolhido, mas essa história dele chegar no Matt como se não fosse nada demais é estranha. Poxa, o cara passou a vida inteira Del pintando sobre a vida do outro, e quando do nada este aparece, ele continua um com olhar blasé, como se o Matt fosse uma pessoa qualquer.

Sinceramente, acho que o Matt já deu o que tinha que dar em Heroes.


A eletrizante fuga

Tá aí uma personagem que renderia muito: Elle. Ela só não tem mais destaque pela falta de tempo da atriz Kristen Bell, pois tenho certeza que ela daria uma ótima personagem fixa. Agora que ela está sem a proteção do pai e da Companhia, algo interessante deve vir adiante. A fuga dos prisioneiros teve um bom motivo, só não entendi como Sylar entrou tão facilmente num lugar como aquele. Bennet acaba sendo útil naquele momento, mas daqui por diante ele vai começar a se tornar irritante depois do que Sylar fez com Claire.


Mohinder se estrepa

Mohinder pra mim sempre foi um personagem sem graça. Era um dos poucos sem poder, e eu preferia assim. Mas essa sua tentativa afobada de ser como os outros, pode render uma boa trama. Agora ele notou que tinha algo de errado. Ninguém mandou testar em si próprio algo tão perigoso e que mal foi criado. Azar...


Hiro, Ando e Daphne, um circo completo

No primeiro episódio a coisa estava engraçada, no limite do ridículo. O limite foi ultrapassado. Hiro vem se mostrando cada vez mais infantil, e parece que só Ando tem uma noção melhor das bobagens do amigo.

Se a intenção era a de causar humor, não era necessário Hiro fazer papel de palhaço o tempo todo. Um humor mais comedido era a solução. Na temporada passada era legal, “fryman”, “oh waffles”, e afins. Agora a coisa tá chegando num ponto estremante insuportável. Hiro seguia uma jornada para se tornar um verdadeiro herói. Cometeu diversos erros no caminho, mas parece não ter aprendido nada com eles. Será que a coisa melhora?


Ponto alto
Sylar invadindo a Companhia. Desde que Elle encontrou seu pai de cabeça aberta, até o momento em que Angela chega para assumir o comando, foi uma sucessão de cenas ótimas.


Ponto baixo
Mohinder testando seus poderes e mostrando para Maya. Já sabemos que isso vai dar m... enfim, pra piorar ele agarra a latina e os dois se atracam ali mesmo no laboratório.
Loading...

Seguidores